Os 3 meses de bebê e de mamãe 

Foi um piscar de olhos e já passaram 3 meses! 

Intensidade define esses 90 dias. O cansaço batendo forte, hormônios,aleitamento materno exclusivo e a vida de ponta cabeça! 

Mil motivos para agradecer de joelhos ao universo pela oportunidade de ser mãe, de cuidar da minha pequena com tudo que julgo importante, mas a condição física só permite ficar de joelhos mentalmente! O corpo implora uma massagem e grita por uma noite bem dormida!

Muitas questões passando por esse coração de mãe e mulher, pouco tempo pra elaborar e uma rotina completamente inédita na minha vida.

O corpo todo sente mas o coração se enche de amor a cada sorriso dela, os olhos quase fechados às 21h mas ninar mais 5 minutinhos não mata ninguém, vontade zero de exercitar o corpo mas a vida no dia a dia cobra a conta dos quilos extras… 

Consulta no pediatra e a alegria: peso e altura acima da média para os 3 meses! 

  

Sensação de missão cumprida que parecida com aquela chegada da corrida de 10km quando você olha para trás e não sabe como conseguiu!

A oxitocina competindo de igual pra igual com o cortisol, montanha russa emocional pior que qualquer TPM mas um sorriso banguela poderoso me leva as lágrimas quando na exaustão do dia  (só quem é mãe entende) deito na cama e fecho meus olhos até a próxima mamada! 

Vacinas, noites sem dormir, sorrisos sem dente, fraldas, dietas, exercícios depois do parto, dificuldades, amor… Muito amor! Resumo dos dias que passaram desde a chegada da Julia. 

E lá se foram 3 meses… E eu me tornei mãe! Meu maior sonho dorme tranquila nessa madrugada! Olho seu rostinho e me pergunto sempre: fui eu que fiz? Meu melhor feito.

Agora ela descobriu as mãozinhas, fica com elas perto do coração e me olha com cara de gatinho do Shrek! Ela pega o bichinho pra brincar, sustenta a cabecinha e ri! Ah como sorri gostoso o meu bebê!
Esta valendo a pena? Alguém pode perguntar… E eu respondo: cada segundo! Cada dia, cada noite, cada dor, tudo vale a pena quando você olha aquele rostinho! 

“A dor e a delícia que é” quem compôs talvez falasse de outra coisa mas eu posso dizer que encaixa exatamente na maternidade esse trecho! 

Um beijo,

Mamãe Up

Anúncios

Sem romantismo

Mamãe Up está de visual novo! Não, eu não, o blog! Rs Criatura e criador se confundem eu sei, mas é do blog que estou falando repararam? Gostaram? 
A Camila do Eles Crecem desenvolveu com muito carinho a identidade visual do Mamãe Up, super recomendo o trabalho dela! Clicando ali no link ou no @elescrescem você entra em contato com ela!   

Mas no post de hoje vou desabafar! Sim, é preciso!

Pensei em escrever sobre H1N1 e a dificuldade para vacinação, mas hj eu preciso conversar com vocês sobre como a maternidade é o tempo todo dúbia!

Aliás conversar é algo que não rola muito quando se tem um bebê de dois meses em tempo integral aos seus cuidados! Vários temas começam e terminam no soar de um unhééé. 

Vivenciando essa dualidade nos dois quase três que tenho de mamãe sinto essa imensidão de altos e baixos e queria compartilhar pois imagino que muitas mamães e papais devem sentir o mesmo, afinal nessa viagem que se chama: ter um filho, não estamos sós e podemos/devemos nos ajudar! 

Eu me sinto explodindo! É a palavra que mais se encaixa para mim neste momento! Explodindo de amor, de emoção, de felicidade mas também de peso, de cansaço, de dor! 

Essa dualidade me deixa confusa e completamente desnorteada tanto que essa semana eu levei um tombo! Sim minha gente, fui ao chão, bati a testa e essa foi a prova do que falo: carregar 84quilos com 1,65 de altura não é para mim! 

Meu peso estacionou! Faz um mês que não desce, nem sobe. Mesmo com dieta, mesmo amamentando! 

Aí as mamães radicais, aquelas que adoram apontar o dedo na cara ao invés de tentar entender vão dizer: “não se preocupe com isso agora!”. Não dá! Não é só estético, é físico o incomodo! 

Pra ajudar o quadro eu tive colica renal e amamentando não quis expor a Julia no hospital, resultado: muita dor e sensibilidade leia-se irritação a flor da pele! 

Julia parece que compreendia o que estava acontecendo com a mamãe e dormiu a melhor noite da vida dela, 6 horas seguidas, no meu pico de dor! Eu agradeci a Deus mas preciso falar: NÃO ESTÁ FÁCIL! 

Romantizar a maternidade é o perigo maior que vivemos hoje em dia com as redes sociais! Todo mundo quer sair sorrindo na foto e às vezes a humanidade fica esquecida num filtro do instagran.

Me sinto abençoada de ter minha pequeninha nos braços, passamos a primeira páscoa juntos, em família! Me sinto agradecida por toda ajuda e parceria do meu marido e minha mãe neste momento mas existem questões  que são só minhas! 

Sentir e falar sobre,com sinceridade, sem florear faz da minha maternidade real, humana e por que não dizer mais bonita? 

Quem aí está passando ou sente algo parecido? Me conta vá? 🙂 assim me sinto menos ET Rs 

Um beijo,

Mamãe Up 

Aquela atualização marota 

Completamos 2 meses de babyUp em casa! Quanto amor gente, nossa, clichês a parte só quem tem um filho(a) para saber que amor é esse! 

Fomos tomar as vacinas da idade que são: Hepatite B (segunda dose, a primeira é dada já na maternidade),DTP (difteria, tétano e coqueluche, primeira dose), Hib (Haemophilus influenzae, primeira dose), Pólio oral ou inativada (primeira dose), Rotavírus (primeira dose), Pneumocócica conjugada (primeira dose)!  

Existe a possibilidade da conjugação da DPT, HIB, Pólio e Hepatite B, podendo-se fazer a Vacina Hexavalente que estava em falta aqui em São Paulo! Rodamos a internet toda procurando e achamos no bairro de Santana, numa clínica de imunização! 

Decidi dar na rede particular por dois motivos: primeiro que as vacinas são acelulares, li sobre e descobri que as reações são de menor incidência e são só 2 picadas nas coxinhas ao invés de 3 como é na rede pública! 

E lá fomos nós, coração na mão, sabendo que é o melhor pra ela mas que ia doer poxa!  

   

E doeu tadinha! Fiquei com o coração partido! Mas passou! Não teve reação quase, só ficou doloridinha e com o intestino um pouco solto.

Passadas as vacinas fomos ao pediatra e adivinhem!? Engordou! Graças a Deus e ao leitinho da mamãe!   

 

 

Ganhou 1,225 desde o mês passado! Altura foram 3 cm a mais, estamos com 60cm de pura gostosura!

Essa semana que vem vamos furar a orelha!:) ai tenho dó acreditem se quiser! Vamos naquela clinica “Furo na orelha” depois conto pra vocês!

Agora começamos a poder passear por aí! E como gosta de um passeio gente!? Fica toda feliz! 

 
Já fomos na casa da vovó  Malu, da tia Lila e hoje na tia Meire! 

Não sei se já contei pra vocês? A Julia ama tomar banho, dou dois por dia! Olha essa carinha! 

  

Descobri que o banho da noite é indispensável para relaxar e dormir bem. Papai Up também tem se arriscado no banho!❤️

Essas são as novidades da Baby Up 
Um beijo,

Mamãe Up