Viajando para a Praia com o bebê

Fomos para  Santos (litoral de São Paulo), para o Rio de Janeiro e agora vou dividir com vocês o que aprendi sobre viajar com bebês para a praia!

Ah como amo a cidade maravilhosa, com sua beleza e seus problemas o Rio continua encantador! Santos também é bem gostoso mas o que me importa agora que sou mãe é ir para um lugar com estrutura se precisar de uma farmácia 24h, mercado e afins! 

É a segunda vez da Julinha na Praia e a partir dessa vez, detalhes que percebi fazerem toda a diferença para o conforto e segurança deles vou destacar pras Mamães de primeira viagem nesse post! 

Vamos começar com:

TRAJETO: foram viagens curtas mas a dica vale para viagens longas também. Santos viajamos de carro e papai não dirige então deixei tudo no jeito para ele! JULINHA não é a maior fã da cadeirinha do carro então em dado momento o papai pulou pra trás e distraiu ela com Videos! Dica número um: baixe os vídeos preferidos do seu filho off line no celular ou tablet. Para o Rio fomos de avião nesse caso leve com você uma mochila que não será despachada! Nela você precisa de fraldas, trocador plástico, pomada de assadura, lenços umidecidos, duas trocas de roupas quentes e duas mais fresquinha pro bebê e uma pra você! Porque o bebê pode vomitar, vazar a fralda e não é só ele que pode precisar se trocar. 

ALIMENTAÇÃO: a boa notícia é que eles liberam você levar papa pronta ou comidinha para os pequenos no voo! Eu tinha dúvidas quanto a isto porque quando viajava sozinha tinha uma regra pra bagagem de mão na qual você não podia exceder uma quantidade de líquidos! Então fiquem tranquilas Mamães podem levar a comidinha do bebê! Além disso levei água quente e leite em pó e a mamadeira de água! Vale lembrar do biscoito de polvilho e frutas. 

NA PRAIA: Importante  deixar o bebê a maior parte do tempo à sombra!  MESMO QUANDO NÃO TEM SOL é bom estar protegido com camisetas dessas com fator 50! Da Julia eu comprei na tip top e na Renner! Leve mais de uma porque essas blusinhas depois que molham deixam o bebê gelado e temos que trocar-la por uma seca!

Toalha bem quentinha e um roupão são ótimas ideias pois eles querem ficar na água até o último momento, até o queixo bater de frio e aquece-los rápido é importante!

 

Protetor solar deve ser repassado a cada uma hora! Apesar dos rótulos dizerem que não saem na água e tem proteção de 6 horas eu não facilito! 

Bonés são indispensáveis pois o coro cabeludo queima e fica ardendo!

Piscininhas com água doce dos chuveiros para banhistas ajudam a entreter, divertem e refrescam os bebês! 

Não dá pra deixar de levar frutas, biscoito de polvilho e leite em pó porque brincar assim dá uma fome neles! Se o seu bebê usa chupeta para dormir não esqueça a bendita viu? E leve mais de uma para o caso dela cair direito na areia! 😉

TEMPO: o tempo do bebê é diferente do nosso! Eles cansam fácil no calor e na água então respeite isso e depois dos primeiros sinais de cansaço vai pra casa, dê um banho morno e deixe ele descansar fresquinho e confortável!



FRALDA ESPECIAL: não pode faltar fraldas de água (que você acha em qualquer Farmácia) disponíveis para você trocar o bebê depois que sair da água! O pediatra da Julia deixou claro que esse cuidado evita problemas de candidíase e assaduras! Agora um aviso mamãe : essa fralda não segura muito o xixi, ela é mais para proteção do coco viu? Descobri isso da maneira mais inusitada! Fomos tomar café da manhã na padaria com a Julinha antes da praia já de fralda especial ela fez coco e xixi e escorreu pelo cadeirão rs 
E a melhor dica de todas : APROVEITEM MUITO ESSES MOMENTOS!!!



Espero que essas dicas ajudem vocês Mamães e Papais de primeira viagem! 😉 

Se tiverem dicas extras deixem nos comentários tá? 

Beijos,

Mamãe Up 

Anúncios